12 de out de 2010

ASSIM FALOU LULATUSTRA




Não farei mais a série de desenhos sobre as falas impressionantes do Lula. A tarefa já foi executada com grande competência pelo Marcelo Tass, no livro NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESTE PAÍS, editado este ano, onde ele reune uma rica coletânea de pérolas do Presidente. Mas escolhi uma frase, dita por Lula naquele já distante 2009, como base para uma única charge, emblemática de sua vocação verborrágica. Pensei no título solene do livro de Nietszch, ASSIM FALOU ZARATUSTRA, e batizei a charge de ASSIM FALOU LULATUSTRA.

Pois bem. No auge da crise econômica de 2009, Lula disparou: "...é uma crise causada, fomentada, por comportamentos irracionais de gente branca, de olhos azuis...”. Cheguei a ler cartas indignadas nos jornais, de leitores brancos, de olhos azuis, argumentando que isto seria uma espécie de racismo ao contrário, contra os brancos. Eu não diria tanto, mas acredito que esta seja uma das frases mais surpreendentes e polêmicas dita pelo Presidente.

No livro de Nietszch, o personagem Zaratustra desce da montanha onde esteve refletindo e filosofando por décadas, para proclamar suas verdades e revelações aos homens supostamente inferiores. Lembrei de uma frase impublicável e infame, carregada de preconceito e racismo, dita muitas vezes no cotidiano como forma de piada sobre afro-descendentes. Adaptei a frase e a coloquei na boca do meu LULATUSTRA, que em vez de descer, sobe nos saltos e na montanha para proclamar: "Branco, quando não faz crise na entrada, faz crise na saída.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário