4 de ago de 2009

Peter Pan aos noventa anos

Outro dia eu conversava on-line com um ex-aluno. A certa altura da conversa, eu disse a ele que sou absolutamente incompetente para relacionamentos amorosos de longo prazo. Ele me disse: "Você é um eterno adolescente. Se eu fosse desenhista, desenhava você em neverland".
Neverland é a terra do nunca, da história de Peter Pan, lugar onde as crianças nunca crescem. Eu respondi: "Sou mesmo. Mas ainda me acerto com alguém, nem que seja aos noventa anos, com uma daquelas enfermeiras gostosonas, contratada para cuidar de mim." Imediatamente me imaginei com noventa anos, vestido de Peter Pan, ao lado de uma enfermeira com a cara da Wandy, aquela garota que o Peter Pan leva pra "brincar" na terra do nunca.

Desenhei a roupa do Peter Pan e a cara da Wandy inspirado no desenho animado da Disney. Tentei imaginar como eu estaria com noventa anos de idade: o nariz e as orelhas maiores e o rosto muito enrrugado. Talvez esteja também um pouco mais gordo. Sei lá...
O cenário foi feito a partir de uma foto que tirei a alguns meses em Chácara, cidade onde passei minha infância e pré-adolescência. Fui la´visitar meu sobrinho recém nascido e passei em frente a este bar, que hoje está fechado, com aquela placa da Coca-cola quase caindo e a vidraça da janela quebrada. Ali era o forró do Jair, que funcionava nos finais de semana, sendo rara a ocasião em que a madrugada não terminava em homéricas pancadarias, com tiros e facadas.
Chácara é a minha terra do nunca, e talvez algum dia, já crescidinho, eu volte para lá, para não crescer mais.






Um comentário: