25 de ago de 2009

A fase anal do Senado Federal

Não quero baixar o nível do blog, mas é preciso acompanhar e fazer juz aos fatos, tal qual eles se apresentam.

Não sou especialista em psicanálise, mas sei que Freud descreveu uma das fases do desenvolvimento da criança, ali pelos três ou quatro anos, em que existe um interesse particular dos pimpolhos pelas fezes ou pelo ato de evacuar.

Nas duas semanas anteriores, às quais já me referi na charge O SONO DA RAZÃO PRODUZ MONSTROS, o Senado Federal parece ter entrado numa espécie de "fase anal tardia". Durante vários dias, alguns senadores proferiram diversas frases, comentários ou insultos pessoais em torno do tema. Quase não acreditei. Era enfim a lama absoluta (ou sabe-se lá qual outra substãncia fétida e molenga) . Parece, entretanto e infelizmente, que o fim deste poço está ainda longe de ser atingido.

Imaginei um debate em plenário onde estariam vasos sanitários que repetem as tais frases, uns para os outros. Vocês podem não acreditar, mas transcrevo aqui as frases de forma quase literal (sem alteração substancial de conteúdo), da maneira como as li ou ouvi na imprensa ! Ao fundo da cena, Lula está sentado tranqüilamente em seu troninho, "obrando". Afinal de contas, em última instância, toda essa confusão acaba sendo "obra" dele mesmo.

Um comentário:

  1. "Os políticos e as fraldas, devem ser trocados frequentemente e pela mesma razão"

    kkkkkkkkkkkkkk

    Depois passa lá.. acabei de postar uma animação que fiz..
    abraços

    ResponderExcluir