17 de out de 2011

Cabeleira etílica



Dias atrás eu estava conversando com um amigo na mesa de um bar. Havia na calçada uma árvore cuja copa, a partir do meu ângulo de visão, estava atrás e acima da cabeça dele, parecendo uma cabeleira esvoaçante ao vento. Daí a inspiração para este desenho.

Antes de desenhar, verifiquei no facebook que meu xará artista plástico, Rogério Baptista, tem um desenho com o mesmo tema, mas com um tom diferente. Isso me estimulou a fazer o desenho.

A cabeleira de árvores no desenho do Baptista lembra o estilo Black Power, uma pequena mata de árvores vigorosas com suas copas densas (confiram aqui)

Já meu desenho tem mais a ver com aquela frase da música Feitiço da Vila, onde Noel Rosa sugere que o samba "faz dançar os galhos do arvoredo". Galhos leves e flexíveis, dançando ao vento.

Lembrei assim das "repostas" musicais, inauguradas por Noel Rosa e Wilson Baptista, em que um fazia uma música comentando a música anterior do outro. Isso poderia ser uma prática mais comum também entre criadores de imagens.

Ao contrário da maioria das imagens do meu blog, esta aí foi totalmente feita com nanquin e aguada de acrílica, com mínimas correções no photoshop. Acho que tô evoluindo... rsrs

Nenhum comentário:

Postar um comentário